Uma consultoria em gestão de negócios pode ser uma grande aliada na hora de reestruturar vários processos em sua empresa. Isso porque, muitas vezes, nos deparamos com situações de difícil resolução, para as quais não temos recursos para lidar de forma autônoma.

O que ocorre no caso de boa parte dos líderes de pequenas e médias empresas é uma grande demora para reconhecer a necessidade de um auxílio externo. Gestores nessas posições acabam insistindo em soluções já testadas e que se mostraram incapazes de superar os problemas enfrentados.

Ao mesmo tempo, quando são apresentadas saídas como a consultoria em gestão de negócios, acabam levantando argumentos no sentido de desqualificar esse tipo de serviço, sem nem mesmo conhecer as vantagens oferecidas pelas soluções propostas por empresas que atuam nesse segmento.

Outra justificativa suscitada por gestores que não dão o braço a torcer se refere a uma dimensão de custos. Afinal de contas, apenas grandes organizações teriam condições de bancar serviços dessa natureza. Para desmistificar todos esses pontos e apresentar um panorama sobre o que uma consultoria de gestão de negócios pode oferecer a uma empresa, preparamos este post.

Aqui, você vai encontrar uma descrição das principais soluções oferecidas por empresas nessa área, de forma prática e objetiva. Falaremos de gestão estratégica, ferramentas de Business Intelligence, gerenciamento de projetos, arquitetura de processos e muito mais.

Gestão estratégica

gestão estratégica é uma das principais soluções oferecidas por uma consultoria em gestão de negócios. Ao formular uma estratégia nessa área, a consultoria buscará estabelecer um diagnóstico situacional sobre todos os recursos dos quais sua empresa dispõe no que se refere a pessoas, equipamentos, infraestrutura, recursos financeiros, entre outros ativos.

A partir desse diagnóstico, todos os recursos mapeados serão mobilizados integralmente para o cumprimento das metas e objetivos estabelecidos no planejamento da organização. Isso envolve a realocação de recursos mal-empregados e mudanças que não poderiam ser enxergadas sobre a perspectiva de quem está inserido no dia a dia da empresa.

Para que tudo fique mais claro, abordaremos de forma setorial como a gestão estratégica pode fazer a diferença na gestão de pessoas, de custos e de informações. Acompanhe!

Recursos humanos

A gestão estratégica aplicada aos recursos humanos tem várias implicações. Em linhas gerais, trata-se de compatibilizar as aptidões e competências dos colaboradores às demandas de trabalho de cada setor de sua empresa. Isso inclui a formação de times por pessoas com atributos que sejam complementares, de modo a tornar mais eficiente a execução das tarefas.

Na área de recrutamento, serão estabelecidos critérios para a captação de talentos, de modo que, necessariamente, os novos contratados deverão se identificar com a cultura organizacional da empresa, além, é claro, de terem formação e experiência compatíveis com o trabalho a ser desenvolvido.

Além dos pontos já levantados, podemos destacar o desenvolvimento de uma política de valorização dos recursos humanos de sua organização, uma vez que não basta captar talentos — deve haver também um esforço para a retenção deles.

Na prática, isso significa promover programas de educação corporativa voltados à capacitação dos colaboradores. Adicionalmente, deve haver também uma política de remuneração atrelada a metas, o que contribui para a motivação das equipes. Inclusive, esse aspecto anímico (relacionado a ânimo, motivação) será amplamente trabalhado, conferindo um novo estado de espírito aos seus colaboradores para cumprirem as tarefas do dia a dia.

Diminuição de custos

Manter um nível satisfatório de competitividade em qualquer segmento de mercado passa inevitavelmente pela redução de custos operacionais. Com o auxílio da consultoria em gestão de negócios, você e sua empresa serão capazes de estabelecer uma análise sistemática em relação aos custos que poderão ser eliminados.

Esse é um processo delicado, pois alguns cortes poderão comprometer o bom andamento de alguns processos. Por isso, é mais do que necessário se valer da experiência de quem já esteve à frente desse tipo de ação.

Gestão da informação

Todos os dias, a execução de diferentes atividades em sua empresa gera um grande volume de informações. Há gestores que fazem a utilização estratégica delas com o intuito de identificar pontos críticos de sucesso em alguns processos. Outros tantos nem sequer esboçam alguma preocupação nesse sentido.

O fato é que não organizar e analisar esses dados poderá colocar seu negócio em uma situação de grandes dificuldades. E, por mais que você e sua equipe empenhem esforços para lidar com os dados e gerar bons relatórios, a forma como tudo é executado nem sempre é a ideal.

Com a consultoria de gestão em negócios, você poderá reavaliar o método empregado para a gestão da informação em seu negócio. Nesses casos, uma das soluções a serem implementadas é a contratação de softwares que facilitam o acesso e a organização das informações.

Gerenciamento de projetos

Provavelmente, você já teve contato com algo relacionado à gestão de projetos, como cursos, especializações e até mesmo escritórios especializados em soluções empresariais. Afinal, a difusão de conhecimento e boas práticas nessa área ganhou “corpo” ao longo dos últimos anos e vem convencendo lideranças de todos os tipos de organização quanto à relevância de profissionalizar a forma como os projetos são geridos.

Essa é mais uma interface em que a consultoria em gestão empresarial atua. E, caso a sua empresa esteja em vias de implementar um novo projeto ou esteja enfrentando problemas com um projeto já em curso, convém avaliar a possibilidade de contar com mais essa solução.

Quanto a isso, é interessante destacar que a intervenção da consultoria será efetiva em qualquer área, sem restrições. Muitas pessoas poderão enxergar isso com desconfiança, o que é natural. No entanto, a gestão de projetos tem relação com a forma como as atividades de um projeto são planejadas, implementadas e monitoradas, e não com o conteúdo técnico das ações.

Dessa maneira, não importa se o projeto em questão pertence à área de engenharia naval ou à área de telecomunicações, pois a consultoria em gestão empresarial não precisa ser expert em nenhum desses segmentos.

A seguir, acompanhe quais são as principais vantagens de poder contar com um especialista em gestão de projetos:

Racionalização do uso de recursos

Ao mesmo tempo em que se potencializa os recursos à disposição da organização, há uma grande preocupação em não gastar mais do que o necessário. Em outras palavras, isso significa que existe uma dimensão ligada à viabilidade técnica e financeira dos projetos, de modo a não comprometer a empresa em nenhum sentido.

Projeção de cenários de diferentes tipos

Tenha em mente que, em qualquer projeto, podem ocorrer eventos adversos, capazes de comprometer alguns objetivos. Ao se projetar a melhor e a pior conjuntura, é possível pelo menos conhecer os riscos que se corre e trabalhar para amenizar eventuais impactos negativos.

Alinhamento aos propósitos da instituição

De nada adianta confiar a gestão de um projeto a especialistas se eles não tiverem a capacidade de entender as particularidades da organização. Com a consultoria de gestão em negócios, todas as propostas para a gestão de projetos serão formuladas de forma a se adequarem à realidade de sua empresa.

Comprometimento com prazos e resultados

À frente da execução de projetos em sua empresa, os profissionais da consultoria em gestão empresarial apresentarão um forte comprometimento com os prazos e resultados pactuados. Tal condição traz relativa segurança em relação ao cumprimento dos objetivos propostos.

Esse é um tipo de relação bem diferente daquela estabelecida com as equipes de trabalho da própria organização. Imagine que, nesse contexto, existirá alguma flexibilidade em relação aos resultados a serem alcançados.

Em muitos casos, não se trata de negligência ou incompetência de sua equipe, pois muitos desses profissionais não poderão se dedicar exclusivamente às demandas do projeto. Isso porque a realidade da maioria das pequenas e médias empresas é marcada por profissionais cuja rotina é multitarefa, isto é, é necessário lidar com várias tarefas ao mesmo tempo.

Arquitetura de processos

Você já ouviu falar de arquitetura de processos? O nome pode soar estranho, mas o conceito é algo bem intuitivo. Um conjunto de tarefas em uma empresa é encadeado e desenvolvido de forma concatenada para o cumprimento de um objetivo. Imagine como exemplo um produto em uma linha de montagem. Em diferentes etapas, ele será montado de forma coordenada para que as peças sejam colocadas na hora certa.  

Feito esse esforço inicial para entendermos o que é a arquitetura de processos, podemos afirmar com alguma tranquilidade que existem formas e formas de organizar e executar os processos. Algumas serão mais eficientes (consumirão menos recursos) e efetivas (cumprirão os objetivos), enquanto outras não terão tanta eficiência.

Com isso, queremos dizer que, mesmo com dificuldades, as atividades em sua empresa podem estar em andamento e contribuir para se alcançar os resultados. Mas estariam elas conformadas da melhor forma possível?

A arquitetura de processos serve exatamente a esse objetivo, isto é, trabalhar para se chegar ao melhor arranjo possível em se tratando de processos. Confira nos tópicos adiante o que uma consultoria em gestão empresarial poderá fazer por seu negócio nessa área.

Identificação de objetivos estratégicos

Ninguém melhor para dizer quais são os processos estratégicos em sua empresa do que você mesmo, certo? Talvez não. Quando convidados a responder a essa pergunta, muitos gestores e líderes de organizações costumam “escorregar”, atribuindo mais importância do que deveriam a alguns aspectos.

Nesse sentido, a consultoria em gestão de negócios trabalhará para identificar o que é primordial para o bom andamento de seu negócio. Uma visão de profissionais de fora da organização contribui muito para isso.

Isso porque gestores da própria empresa — por estarem imersos no dia a dia da organização — costumam construir impressões que nem sempre se confirmam na realidade. Com o auxílio de profissionais altamente capacitados em arquitetura de processos, será possível avaliar o que merece ser tratado como prioridade ou não.

Construção de uma cadeia de valor

Eis que os processos estratégicos em sua organização foram identificados. Foi dado, portanto, um passo fundamental para a formação de uma cadeia de valor. Afinal de contas, nós não podemos controlar aquilo que não enxergamos.

O passo seguinte será, então, construir uma cadeia de valor. Na prática, isso significa mensurar o que cada processo entrega em termos de valor para o resultado final das atividades desenvolvidas.

Nesse momento, uma pergunta básica a ser respondida é a seguinte: o que esperar de cada processo? Uma resposta bem estruturada contribuirá para a etapa em que devemos entender qual é o melhor desenho para determinados processos.

Definição de funções e atribuições

A definição de funções é exatamente isso que o nome faz entender. É colocar os colaboradores mais aptos para a execução de determinadas funções, sem esquecer de que cada processo deve ter alguém que seja responsável por ele.

Isso é importante em termos de responsividade, pois, em caso de mau andamento de uma atividade, é necessário saber quem tem condições de fornecer um diagnóstico. Tal condição não guarda nenhuma relação com punições ou retaliações, uma vez que os problemas atrelados a qualquer atividade podem ser provocados por diversos fatores.

Redesenho de processos críticos de sucesso

Depois de identificar os processos estratégicos, estabelecer uma cadeia de geração de valor e definir funções e atribuições, é chegado o momento de redesenhar os processos críticos de sucesso. 

Quanto a isso, devemos esclarecer que não existe uma fórmula fechada, capaz de tratar de maneira genérica os problemas identificados. Ou seja, os profissionais da consultoria em gestão empresarial apresentarão soluções personalizadas para cada caso.

Ao mesmo tempo, podemos destacar que o know-how de outros projetos tem muito a acrescentar à formulação desse tipo de solução. Afinal, as boas práticas em gestão surgem a partir do constante exercício de experimentação em casos concretos.

Business Intelligence

Business Intelligence — ou, simplesmente, inteligência de mercado — tem por base a busca de padrões em informações provenientes da própria organização e de seu mercado. Trata-se de um método que se vale de procedimentos estatísticos e softwares de gestão específicos.

A premissa por trás dessa técnica é o poder conferido pelo domínio da informação. As grandes corporações já descobriram isso há décadas e vêm aplicando o Business Intelligence para alcançarem melhores resultados e saírem na frente de seus concorrentes. A partir de um movimento mais recente, pequenos e médios negócios vêm buscando se integrar a práticas nessa área.

Para sairmos da parte teórica do método, apresentaremos algumas funcionalidades das ferramentas ligadas ao Business Intelligence, que poderão ser utilizadas em sua empresa com o auxílio de uma consultoria de gestão em negócios.

Análise de operações

Imagine os vários módulos de gestão da informação de sua empresa (logística, vendas, compras etc.) reunidos em só sistema de informação. Mais do que isso: há a possibilidade de geração de relatórios de desempenho que reúnam informações de cada uma dessas áreas, de modo que você possa enxergar um panorama de desempenho de todas as operações realizadas em determinados períodos.

Essa visão global de tudo o que se passa em seu negócio é o sonho de qualquer gestor comprometido com resultados. Isso porque, como muitos devem saber, é muito difícil dar organicidade para todos os dados gerados e, ao mesmo tempo, gerar relatórios quando tudo não acontece de forma automatizada.

Mas esse ainda não é o maior desafio, pois bons serviços de gestão da informação poderão lidar com essa demanda. A grande questão, nesse caso, é pensar em indicadores e no cruzamento de variáveis que façam sentido, de modo a obter um retrato real das operações da sua empresa.

Isso envolve um grande esforço técnico por parte de quem tem uma formação sólida em gestão empresarial e uma grande experiência nesse segmento. Portanto, a consultoria em gestão de negócios será uma grande aliada no momento de desenvolver e utilizar ferramentas de Business Intelligence.

Análise de fornecedores

A análise de fornecedores é outra vantagem das mais interessantes em se tratando de Business Intelligence. Imagine acumular ao longo dos anos um extenso histórico de informações sobre seus fornecedores — preços por tipo de insumo/produto, prazos de pagamento e entregas, avaliação dos serviços prestados e muito mais.

Todos esses dados formarão uma espécie de reputação de cada empresa, de modo que os gestores de seu negócio poderão avaliar com quais delas vale a pena fechar negócio. Tenha em vista que muitos contratos têm vários meses de validade, sendo necessário estabelecer uma relação de confiança com esses fornecedores.

Alguém poderá questionar a viabilidade de se chegar às referidas bases de dados, porém, é possível buscar externamente por esse tipo de informação. Empresas parceiras, por exemplo, poderão fornecer pelo menos parte dos dados.

Análise de carteira de clientes

As informações de sua base de clientes são ainda mais estratégicas do que os dados dos seus fornecedores, e não é difícil imaginar por que, não é mesmo? Acompanhe a lista a seguir e entenda quais são as principais vantagens de se analisar sua carteira de clientes a partir de ferramentas de Business Intelligence:

  • acompanhar a experiência de compra de seus clientes: por quais canais as compras são efetivadas? Por onde eles se informam sobre seus produtos?

  • formação de base de dados: reunião de dados como endereço de e-mail são fundamentais para a implementação de algumas estratégias, como o e-mail marketing e mala direta;

  • acompanhamento de preferências: quais são seus produtos e serviços com maior vendagem? Quais outras compras poderiam ser sugeridas com base nas preferências dos consumidores?

  • reputação da marca: qual é a percepção que os seus clientes têm de sua marca? Quais tipos de impressões são registrados em redes sociais e canais de comunicação com o cliente?

Análise de desempenho

Acompanhar o desempenho de suas equipes de trabalho é mais uma entre tantas funcionalidades que as ferramentas de Business Intelligence podem trazer. Nesse sentido, o exemplo mais intuitivo que podemos apresentar é o da área de vendas.

Acompanhar o cumprimento de metas nesse segmento é fundamental, pois se trata de uma fonte primária de recursos que alimentarão o caixa de sua empresa. O mesmo pode ser aplicado a outros setores, como equipes de função administrativa ou ligadas à execução de projetos. Imagine que uma série de arranjos de indicadores de desempenho poderá ser formulada, de modo a lhe auxiliar no acompanhamento do trabalho do time de sua empresa.

A importância da consultoria em gestão de negócios

Depois dessa extensa apresentação das vantagens de se poder contar com uma consultoria em gestão empresarial, convém enumerar, em caráter de resumo, os principais pontos pelos quais pudemos transitar ao longo deste artigo. Acompanhe:

Soluções personalizadas

Como mencionado em diversos momentos, as soluções oferecidas pela consultoria de gestão empresarial não são prontas e acabadas. Existe um grande empenho por parte dos profissionais na realização de uma análise de contexto que permita entender a realidade da empresa contratante dos serviços.

Mapeamento e redesenho de processos

Obter um diagnóstico dos processos de trabalho em execução na sua empresa é outra grande solução oferecida pela consultoria em gestão empresarial. Como você pôde acompanhar, trata-se de identificar os processos estratégicos e redesenhar os pontos críticos de sucesso, visando a um melhor desempenho da organização.

Ampla melhoria em diferentes aspectos

Mais do que propor melhorias na área de processos, os profissionais da consultoria também são responsáveis por implementar boas práticas em gestão empresarial em seu negócio como um todo. O simples trabalho em conjunto com as equipes de sua empresa traz impactos positivos para o clima organizacional dos seus negócios, uma vez que a consultoria reúne profissionais com notável experiência e formação.

Com o post de hoje, esperamos ter estabelecido uma ampla discussão sobre as possibilidades trazidas pela consultoria em gestão empresarial. Como você pôde acompanhar, tratam-se de soluções das mais diversas naturezas no que se refere à administração de empresas.

Quanto a isso, você não deve perder de vista que, por mais que não nos falte empenho para lidar com algumas situações de dificuldade no dia a dia da empresa, as soluções não estarão ao nosso alcance. Em outras palavras, a ajuda necessária estará além dos muros da organização.

O adiamento na busca por esse tipo de solução poderá, inclusive, agravar o atual quadro de sua empresa, acarretando ainda mais prejuízos. Por isso, nossa recomendação é para que você considere fortemente passar a contar com uma consultoria em gestão de negócios.

O que você achou deste post sobre os impactos e diferenciais que uma consultoria em gestão empresarial pode oferecer a uma empresa? Se gostou, assine a nossa newsletter e receba regularmente mais conteúdos como este.

Escreva um comentário

Share This