Elaborar boas metas para a empresa é sempre um desafio, não concorda? Se fosse algo fácil, não haveria tantos métodos e teorias sobre o tema. No meio de tanta informação, qual seria uma das técnicas mais eficientes? A metodologia OKR.

Você já ouviu falar nela? Gostaria de descobrir os benefícios que essa metodologia pode trazer para os processos internos de sua empresa? Então, você está no lugar certo. Acompanhe nosso artigo!

O que é a metodologia OKR?

Uma gestora queria muito tornar o seu trabalho mais estratégico. Para isso, lia muitos artigos na internet buscando se qualificar e tentava aplicar esse conhecimento na empresa. No entanto, ela encontrava muitos percalços pelo caminho, como:

  • processos mal estruturados;
  • projetos sem rumo definido;
  • falta de colaboração dos funcionários;
  • insatisfação dos clientes.

Em vista disso, ela fica desanimada e sem esperança. Por que estamos contando essa história? Queremos mostrar como essa situação comum pode ser revertida com o uso do OKR.

Em inglês, a sigla OKR significa Objectives and Key Results — o que em português seria algo parecido com “objetivos principais de uma empresa”. Resumindo, a metodologia garante que todos os colaboradores caminhem na mesma direção, com prioridades bem definidas e em um ritmo progressivo.

Destrinchando esse conceito, percebemos que são dois os componentes principais:

  • objectives (ou objetivos), que são detalhamentos qualitativos de uma meta que o negócio deseja alcançar;
  • key results (ou resultados), envolvendo um conjunto de métricas que mensuram a evolução do projeto em direção ao seu alvo.

Conseguiu entender? Bem, um exemplo pode ajudar. Digamos que a gestora já citada tenha em mente um propósito incrível: encantar os seus clientes. Isso é maravilhoso, mas, como atingir essa finalidade?

Em uma reunião com os gestores, ela apresenta um relatório do Net Promoter Score (indicador de satisfação e lealdade de clientes) e da taxa de recompra. Essa informação revelou que os consumidores são fiéis à marca.

Todos ficam animados e começam a pensar em maneiras de adquirir novos clientes e surpreender os atuais para engajá-los ainda mais. Contudo, a empresa não pode gastar muito do seu orçamento com esse processo.

Pronto! Está estabelecido o OKR, que fica assim:

  • objetivo: encantar os clientes por meio de uma experiência de compra incrível;
  • resultado: melhorar o Net Promoter Score, aumentar a taxa de recompra e conservar o custo de aquisição e retenção de clientes em até determinado valor.

Como implantá-la na empresa?

Todos no mundo corporativo admiram a empresa Google — e não é à toa, afinal, ela é um exemplo de sucesso. Mas, sabia que um dos segredos para esse êxito é a metodologia OKR?

Pois é, essa técnica foi implantada na empresa desde 1999 e, até hoje, vem produzindo frutos saudáveis para a marca. A seguir, vamos ver alguns passos para que você também implante o OKR e tenha bons resultados na sua empresa:

Envolva os funcionários

Normalmente, a formação de metas de uma organização é feita em reuniões da classe executiva e depois apresentada para o restante dos colaboradores. Nesse modelo tradicional, somente um grupo tem poder de opinião. Será que essa prática funciona?

Pode até ter um bom resultado, mas não atingirá a excelência. Isso porque, quanto mais pessoas expressarem seu ponto de vista sobre um projeto, maior será a sua eficiência.

Sendo assim, a metodologia OKR é feita utilizando a técnica top-down e bottom-up, ou seja, os líderes e gestores contribuem com 40% da elaboração dos objetivos e os outros membros da equipe com 60%.

Essa amplitude de opiniões faz com que todos se sintam parte de um projeto. Como resultado, os colaboradores se tornam mais engajados e motivados para que a meta seja alcançada.

Pense nos clientes

O público-alvo da empresa também pode ajudar na implantação do OKR. Como assim? Voltemos ao exemplo citado no tópico anterior. Vimos que o objetivo dos gestores é surpreender os seus clientes, certo?

Não acha que uma boa maneira de conseguir isso é descobrindo dos próprios consumidores o que agrada a eles? Certamente. Para isso, esses gestores podem usar as práticas do marketing de relacionamento, como:

  • pesquisas de opinião;
  • produção de conteúdo para mídias digitais;
  • personalização do relacionamento com o cliente.

Imagine a alegria dos consumidores ao notarem que a empresa está preocupada com as suas necessidades e que está falando diretamente com eles. A consequência é o encantamento.

Acompanhe os resultados

É imprescindível mensurar os resultados para garantir a consistência e o ritmo do avanço do projeto. Essa prática pode ser feita semanalmente para que as deficiências sejam identificadas e ajustadas com rapidez.

Mas, quais KPIs (indicadores de desempenho) utilizar? É claro que isso vai variar de acordo com a meta. No exemplo que estamos abordando, encantar clientes, os ponteiros para medir resultados serão:

  • número de vendas;
  • taxa de leads;
  • taxa de conversão;
  • taxa de churn;
  • Net Promoter Score.

Estabeleça prazos

O que acontece quando você tem uma tarefa a realizar, mas não possui um prazo para entregá-la? Geralmente, ocorre a procrastinação ou o abandono do trabalho. De modo similar, para ter sucesso com a metodologia OKR, é preciso estabelecer um prazo para atingir uma meta.

Esse limite não deve ser curto demais, senão os envolvidos ficarão estressados, nem longo demais, o que acarretará perda do foco do projeto. Quer uma dica? Faça um benchmarking, ou seja, procure saber como outras empresas de sucesso estabelecem os seus prazos.

Então, “espie a grama do vizinho”, mas não o copie. Ao contrário, você deve adaptar essas boas atitudes nos moldes de sua organização.

Seja transparente

A transparência é crucial para que a estratégia OKR seja bem-sucedida. Como vimos, todos os membros de uma equipe opinam sobre uma meta, então, ninguém deve ficar desinformado sobre o andamento do projeto.

Dessa forma, o time inteiro continuará moldando o objetivo, aparando as suas arestas soltas e amarrando as práticas mais eficientes.

Enfim, cada método sugerido apresenta benefícios para uma empresa, porém, o OKR tornou-se o mais querido pelas organizações modernas. Tente inseri-lo no seu negócio. Temos certeza de que terá muitas razões para comemorar!

O que achou do nosso artigo? Gostou de conhecer a metodologia OKR? Então, deixe que os seus amigos leiam esse conteúdo também. Compartilhe o post com eles nas redes sociais!

Escreva um comentário

Share This