A transformação digital já é uma realidade dentro das empresas e consegue entregar grandes resultados, tanto na automatização de processos como na eficiência do negócio. A agilidade, produtividade, escalabilidade e vários outros benefícios são oriundos justamente dessa transformação. Para contar com isso nas empresas é preciso investir em plataformas e a Lecom BPMS é uma grande referência no mercado.

Se você também deseja implantar ferramentas de otimização de processos na sua organização, confira este conteúdo que preparamos. Vamos explicar o que é o Lecom BPMS e tudo o que precisa saber antes de investir nessa solução.

O que é Lecom BPMS?

O Lecom é uma plataforma de BPMS (Business Process Management Suite ou System) para automatizar, executar, melhorar e gerenciar processos. É utilizada quando existe um trâmite na empresa que não é suportado pelo RP ou outro sistema.

Neste caso, a empresa precisa rapidamente de uma solução que tenha flexibilidade no ajuste da técnica. Por exemplo, quando é adquirido um RP, são levados processos automatizados para a empresa naquele sistema. Já quando se adquire um WMS ou um CRM, o sistema já traz as etapas pré-definidas, o que é difícil de customizar e adequar.

O BPMS é como se fosse um quadro em branco. É preciso definir os métodos nele e definir como funcionarão. Então o Lecom BPM (Business Process Management) é utilizado quando alguma etapa não está no escopo do ARP ou quando algum trâmite é de difícil customização. Ele é automatizado no BPMS e faz as integrações necessárias com os sistemas que já existem.

Qual é a importância dessa plataforma para sua empresa?

Para entender a importância de investir em uma plataforma Lecom BPMS vamos acompanhar um exemplo. Imagine a automatização de determinado processo em uma organização de ensino que engloba escolas e faculdades. A produção gráfica, que eles não terceirizam, ocorre em uma gráfica interna.

O procedimento vai desde quando o professor faz a solicitação de material para a gráfica — informando a quantidade que será destinada para cada unidade — até o momento em que o material é disponibilizado para uso. Neste caso, o professor preenche uma requisição em papel e entrega uma via da prova na gráfica.

A partir desse momento não existe um controle, uma maneira de rastrear em qual etapa está o documento ou quanto tempo ele vai demorar para ser produzido. Já se utilizarmos a plataforma para automatizar o processo, o professor acessa e faz o upload do arquivo, depois disso ele consegue rastrear sua demanda sem a necessidade de ligar para a gráfica, inclusive com uma previsão de quando sua solicitação estará pronta.

Além da agilidade, a automatização também propicia indicadores de desempenho dos processos, tanto de capacidade quanto de tempo e prazo. Esse é só um exemplo de como a plataforma pode auxiliar nos trâmites empresariais e entregar resultados expressivos no dia a dia.

Quais são as diferenças entre o Lecom BPMS e um ERP convencional?

O ERP normalmente já traz métodos que são boas práticas mundiais, ou não. Por exemplo, um potencial cliente pediu para apresentar o Lecom na empresa para trabalhar no processo de suprimentos. Nesse caso específico isso não é aconselhado, uma vez que o procedimento de compras em um ERP tem um módulo que já está integrado com a área fiscal e com o financeiro.

Ou seja, no momento em que se faz uma requisição de compras já existe um procedimento que vai seguir e o Lecom não é a ferramenta ideal para criar tudo isso dentro dele.

Os ERPs já trazem esse processo, mas é possível utilizar o Lecom em caso de já ter o ERP e não querer que o usuário interaja com ele, e sim com o Lecom BPMS, ou então que o BPMS se integre em determinados pontos com o ERP.

É importante deixar claro que a proposta do BPMS não é substituir o ERP. É possível utilizá-lo para integrar etapas que estão em ERPs distintos. Em questão de integração o Lecom se integra com basicamente tudo.

Quais são os benefícios?

A plataforma Lecom BPMS não é uma simples ferramenta. A empresa oferece uma solução completa. Normalmente os clientes têm algum problema de gestão ou fluidez e procura a Lecom em busca de uma solução.

Então, é usada a plataforma para automatizar o processo do cliente e entregar resultados. Dessa forma, o ganho maior dele é a questão da agilidade da implementação, além dos benefícios relacionados à plataforma.

O foco do BPMS está em entregar autonomia, produtividade e inteligência aos usuários.

Como funciona a parceria entre Lecom e o Grupo Portfólio?

Hoje a Lecom atua por meio de parceiros, então ela tem a solução, mas por decisão própria prefere não atuar em todos os estados. A Lecom estabelece parcerias e atua por meio desses parceiros. O Grupo Portfólio é um desses parceiros que estão habilitados tanto a vender a plataforma como apoiar na implementação e automatização de processos.

Então quando precisa ela atua remotamente e caso seja necessário atuar presencialmente no estado, ela o faz por meio do Grupo. É 100% nacional e utiliza-se de braços locais, inclusive a Lecom é o BPMS brasileiro com a maior quantidade de processos automatizados no país.

Portanto, neste artigo vimos que a plataforma Lecom BPMS é uma grande solução para as empresas que desejam explorar a transformação digital e utilizar a tecnologia para otimizar processos e gerar eficiência. Essa solução tem o foco em autonomia, produtividade e inteligência para o usuário. Outro ponto importante é a integração facilitada com vários outros sistemas e os benefícios, mostrando que é interessante investir nessa solução mesmo se a empresa conta com um sistema ERP.

Então, ficou interessado em ter essa solução dentro da sua empresa? Se você também deseja saber como a plataforma Lecom BPMS pode ser aplicada na sua organização e os benefícios disso, entre em contato agora mesmo com um de nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas.

Escreva um comentário

Share This