Imagine um jogo de futebol sem regras. Nele, cada participante pode fazer o que quiser sem dar importância às orientações do técnico. Como seria uma partida assim? No mínimo, uma grande confusão, concorda? O mesmo acontece na empresa quando não existe um alinhamento estratégico de negócios.

Mas o que significa esse alinhamento estratégico? Como realizar esse processo em sua instituição? Neste artigo, esclareceremos esse assunto para você! Acompanhe.

O que é o alinhamento estratégico de negócios?

O alinhamento estratégico de negócios visa unificar os esforços da empresa. Para conseguir isso, é necessário construir um processo interno bem-estruturado no qual a instituição fixa um objetivo e pensa na melhor maneira de atingi-lo. Além disso, são previstas possíveis dificuldades e os meios para suplantá-las.

Fazer esse ordenamento é importante, pois evita que a organização “caminhe sem rumo” e se depare com riscos inesperados que podem custar a sua existência no mundo corporativo.

Antes desse fim trágico, aparecem alguns sinais bem evidentes da falta de um alinhamento estratégico — por exemplo, os colaboradores não entenderem qual é a cultura e a missão do negócio.

Por outro lado, a alta administração não tem uma sintonia e as decisões são tomadas conforme os desafios que aparecem. Devido a essa falta de unidade interna, cada setor cria suas próprias metas. O resultado disso é que a empresa parece um prédio que abriga vários negócios diferentes.

É verdade que unir uma organização não é uma tarefa fácil. Uma matéria do site G1 apresentou uma pesquisa feita com vários executivos de grandes empresas. Esse estudo revelou que a maior parte desses líderes acha difícil cumprir objetivos estratégicos.

Qual é o motivo disso? De acordo com os participantes dessa pesquisa, é a falta de alinhamento entre as políticas internas da empresa. Embora sejam muitos os obstáculos que impedem a união dos esforços internos, com algumas ações é possível mudar esse cenário. Quer saber como?

Como realizar esse processo na empresa?

As organizações mais prestigiadas e bem-sucedidas do mundo não alcançaram esse patamar de um dia para o outro. Pelo contrário, foi necessário muito esforço e dedicação para alinhar as estratégias internas. Mas como você pode fazer isso na sua empresa? Vejamos algumas dicas.

Estabeleça metas

Algo muito importante para o alinhamento estratégico é o estabelecimento de metas. Essa atitude fornecerá uma direção para todo o time da empresa. Para facilitar esse processo, é preciso utilizar algumas metodologias eficientes.

Uma delas é a OKR (Objectives and Key Results) — em português, “objetivos principais de uma empresa”. Esse método visa garantir que toda a equipe interna caminhe rumo ao progresso do negócio.

O OKR funciona assim: primeiro são estabelecidos os detalhes de uma meta (Objectives) que a instituição deseja alcançar. Em seguida, é implantado um conjunto de métricas que mensuram a evolução desse projeto até que o alvo (Key Results) seja atingido.

Por exemplo, digamos que a empresa esteja com dificuldades com os prazos de entrega de serviços. Depois de uma reunião entre os gestores, foi decidido que será elaborado um cronograma de projetos.

Então, uma meta foi estabelecida: a criação de um calendário de projetos. O objetivo dela é organizar o fluxo das tarefas internas e o resultado será o cumprimento dos prazos. Após a finalização do cronograma, toda a empresa passará a segui-lo. A consequência disso é a organização do ritmo produtivo do negócio.

Faça reuniões periódicas

Não importam quais são os objetivos da organização, mas é essencial que os gestores reúnam-se com frequência para conversar sobre os rumos do negócio. Fazer isso é importante por vários motivos.

Um deles é acompanhar o desenvolvimento das metas e perceber quais aspectos precisam ser melhorados ou totalmente modificados. Outra vantagem é ouvir várias opiniões diferentes sobre o melhor caminho para atingir o alvo estabelecido.

Além disso, essa constante interação promove a harmonia entre a alta gestão, algo fundamental para que o alinhamento estratégico do negócio seja bem-estruturado. Esses encontros podem ser semanais, quinzenais ou mensais.

Para que as reuniões sejam mais eficientes é preciso estipular um dia, elaborar uma pauta com os assuntos a serem considerados e analisar os relatórios que exibem os resultados das estratégias.

Fortaleça a comunicação interna

Quando as linhas de comunicação estão abertas entre a liderança, logo os bons efeitos disso são sentidos em todo o time de colaboradores. Um dos benefícios é o fortalecimento do engajamento da equipe com as metas vindas dos gestores.

Entretanto, para que isso aconteça é necessário implantar algumas atitudes na instituição. Seria interessante criar uma rede social corporativa. Essa ferramenta servirá como um canal de divulgação das decisões da alta gestão.

Além disso, os funcionários terão a oportunidade de dar sugestões sobre as estratégias e processos da empresa. Para facilitar a troca de ideias, podem-se criar grupos com os profissionais envolvidos em um determinado projeto.

Outra forma de aumentar a interação é promovendo encontros da liderança com os colaboradores. Nessas ocasiões, os gestores conversam com o time interno sobre os planos da instituição e estreitam os laços de amizade.

Todos esses esforços para estimular uma convivência mais pessoal entre os colaboradores servirão para fortalecer o alinhamento estratégico da empresa.

Mantenha a transparência

O time interno é uma parte fundamental da instituição. Por isso, algumas empresas preferem encará-los como parceiros em vez de empregados. Na verdade, é exatamente isso que eles são.

Portanto, é preciso haver transparência nessa relação. Caso contrário, a empresa não terá um ambiente de confiança, respeito e honestidade. E como conseguir essa franqueza na organização?

É obvio que determinados assuntos precisam ser tratados sigilosamente pela liderança. Entretanto, é direito dos colaboradores saber de tudo que os envolve.

Eles não podem ser pegos de surpresa, por exemplo, com uma mudança nas metas organizacionais. Ademais, o time precisa conhecer bem a missão, a visão, os valores e cultura da organização.

Contudo, isso só é possível quando a instituição revela sua verdadeira identidade para a equipe. Se essa atitude não for a regra, os gestores não podem esperar uma união de esforços em prol dos objetivos da empresa.

Enfim, vivemos em uma época em que a falta de unificação na organização é a receita para o desastre da empresa. Sendo assim, faça todo o possível para conseguir o alinhamento estratégico de negócios e garantir o sucesso da empresa.

Gostou do nosso conteúdo? Entendeu por que o alinhamento estratégico é tão importante? Aproveite e leia também sobre automatização de processos!

Escreva um comentário

Share This